Case da Cooperativa Languiru

////Case da Cooperativa Languiru

Case da Cooperativa Languiru

2018-11-30T14:44:43+00:00Almoço Empresarial|

Almoço Empresarial da CIC Teutônia destaca ferramentas de governança da Languiru

 

O presidente da Cooperativa Languiru, Dirceu Bayer, palestrou no tradicional Almoço Empresarial promovido pela CIC Teutônia. Na oportunidade, o líder cooperativista apresentou o case da organização teutoniense e destacou o aperfeiçoamento da governança corporativa na Languiru. O evento lotou o Auditório 03 da CIC no dia 22 de novembro.

“É muito importante que a comunidade conheça mais sobre a cooperativa, cujo foco de trabalho está no desenvolvimento do seu quadro social. O aperfeiçoamento da governança corporativa na Languiru está centrado na gestão e na sustentabilidade da organização”, frisou na abertura do evento, agradecendo o apoio de associados, funcionários e integrantes dos Conselhos de Administração e Fiscal.

Novos investimentos

Bayer realizou breve apresentação institucional e enalteceu novos investimentos previstos, em especial os cerca de R$ 50 milhões na integração avícola, com ampliação do Frigorífico de Aves, em Westfália, que terá sua capacidade de abate duplicada nos próximos cinco anos; incremento da rede de Supermercados Languiru, com novas unidades previstas também para Westfália e no Bairro Alesgut, em Teutônia; além de instalação de loja Agrocenter Languiru e unidade de recebimento de grãos no município de Venâncio Aires. “A Languiru cresceu muito nos últimos anos, o que inclusive requereu ações diferenciadas e pioneiras no processo de governança da cooperativa, adaptando o nosso processo de gestão para essa nova realidade. Além dos excelentes índices produtivos, o setor de varejo também tem apresentado crescimento expressivo no faturamento anual da Languiru, que em 2018 deve chegar a R$ 1,3 bilhão. Estamos realizando investimentos de alta envergadura, apesar do momento econômico conturbado no país”, salientou.

O presidente se disse esperançoso para 2019. “Findado o processo eleitoral, a esperança do povo brasileiro é por dias melhores. O próximo ano tem tudo para a retomada da economia nacional. Essa é a expectativa da população e dos empreendedores brasileiros. Vivemos num país com enorme potencial produtivo, especialmente no setor de alimentos”, frisou, valorizando a diversidade de negócios da Languiru. “Esse é o segredo de sucesso da Languiru, em que os diferentes ramos de negócio contribuem para a sustentabilidade da cooperativa. Não queremos ser os maiores, mas os melhores, reconhecidos por produtos e serviços de qualidade”, afirmou.

Governança

Para detalhar o aperfeiçoamento da governança corporativa na Languiru, o presidente convidou a advogada da cooperativa, Renata Ribeiro Madalosso Rosa, e o advogado e consultor da organização, Lucas Martins Dias. “O projeto tem por objetivos modernizar, aperfeiçoar e adequar as regras de governança corporativa da Languiru a preceitos de gestão de riscos, buscando, assim, estar cada vez mais preparada para seguir trilhando o seu caminho de sucesso”, enumerou Renata, acrescentando que a política de governança sempre existiu na Languiru, mas passou por atualizações e recebeu novos regramentos. “A Languiru precisou intensificar o seu aperfeiçoamento nas ferramentas de gestão. A governança resume-se em implantar e aperfeiçoar meios de controle e respeitar princípios, focando na gestão e na competitividade de mercado”, acrescentou a advogada.

Apresentando linha temporal dos aperfeiçoamentos realizados, foram enfatizadas diferentes etapas de desenvolvimento. “É uma busca constante, com transparência e controle, seguindo planejamento alicerçado na sustentabilidade da Languiru. A cooperativa trabalha na implantação de mecanismos reconhecidos, que contribuem, inclusive, para a sua imagem”, acrescentou Dias.

“Todo esse trabalho da Languiru está focado no desenvolvimento econômico e social dos seus associados e, consequentemente, no crescimento das comunidades em que estamos inseridos, valorizando o produtor rural que fornece a matéria-prima para os produtos de qualidade da Languiru comercializados no mercado nacional e internacional”, disse o presidente.

Reconhecimento

Por fim, Bayer ainda falou de recentes conquistas da Languiru, em especial de marca mais lembrada no Vale do Taquari no Prêmio Top 100 e o destaque em “Fidelização” no 11º Prêmio SomosCoop – Melhores do Ano, reconhecimento nacional da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) ao Programa de Inclusão Social e Produtiva no Campo desenvolvido pela Languiru.

Também citou iniciativa de intercooperação entre Languiru e Dália, de Encantado, que assinaram carta de intenções para industrialização da matéria-prima produzida pelos associados das organizações, numa ação prática de fortalecimento do cooperativismo regional. “Juntos, somos mais fortes para concorrer com grandes empresas do mercado. Essa iniciativa eleva o Vale do Taquari como grande produtor de alimentos e forte representante do cooperativismo no Estado”, encerrou.

 

 

TEXTO – Leandro Augusto Hamester