Evento organizado pela CIC Teutônia com o apoio do Consulado Gremista no município beneficia Brigada Militar com mais de R$ 11 mil

“Se há uma coisa que sempre buscamos no Grêmio é o respeito às relações humanas e ao ser humano. Um dos grandes segredos do sucesso é esse. Aprendi na vida que é muito melhor estar completamente ‘absorvido’ de pessoas ao seu redor do que ser esquecido. Por tudo isso, viva a humildade.” Nesse tom, de maneira descontraída e ao mesmo tempo extremamente profissional, procurando deixar a paixão clubística em segundo plano, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., palestrou para mais de 300 pessoas na noite de 25 de setembro. O evento ocorreu na Associação Pró-Desenvolvimento de Languiru, promoção da CIC Teutônia com o apoio do Consulado Gremista de Teutônia.

Presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., trouxe números e estratégias que tornaram o Tricolor Gaúcho uma referência em gestão esportiva no Brasil (Fotos: Leandro Augusto Hamester)

Verba para a Brigada Militar

O caráter beneficente do evento possibilitou o repasse de R$ 11.252,00 à Brigada Militar de Teutônia, valor arrecadado com a venda de ingressos. “A BM, em parceria com o Consepro, tem apresentado projetos e metas para o desenvolvimento da segurança no município. Somos muito gratos por esse recurso, que será reinvestido em viaturas, equipamentos e armamento. É um recurso da comunidade que retorna à própria comunidade”, agradeceu o tenente da BM de Teutônia, Radamés Fabiano Prediger.

Bolzan com representantes da CIC, Consulado Gremista, Consepro e Brigada Militar de Teutônia: valor arrecadado com a venda de ingressos será reinvestido na segurança pública

Todos pela Lívia

Na noite, o pai da menina Lívia, Ânderson Teles, emocionou a todos com seu depoimento. Ela sofre de Atrofia Muscular Espinhal (AME) do tipo 1, doença severa e caracterizada pela degeneração e perda de neurônios motores da medula espinhal e do tronco cerebral, resultando em fraqueza muscular progressiva e atrofia. Para a cura da AME é necessária a terapia genética à base de medicamento cujo valor de uma única dose é de R$ 9 milhões. A idade limite para que o medicamento seja eficaz é de dois anos, que a pequena Lívia completa em outubro de 2020. “Estamos lutando, todos juntos, para buscar a cura dela. Venho pedir a ajuda de todos, doando ou orando. Ainda temos uma longa caminhada, e toda ajuda é bem-vinda”, agradeceu.

Nesse momento, o diretor regional do Grêmio, Eduardo Abella, entregou camiseta do clube para que seja utilizada em ação em benefício da Lívia. “Todos, juntos, vamos fazer de tudo para que ela possa ter uma condição melhor de vida”, destacou.

Todos pela Lívia: pai Ânderson Teles e Bolzan pediram a união de esforços na busca por recursos para o tratamento da menina

“Gestão de uma marca mundial”

Na palestra “Gestão de uma marca mundial”, Bolzan falou das diretrizes que norteiam o trabalho do Grêmio, enumerando objetivos e o mapa estratégico. “O maior desafio estava em recuperar o clube do ponto de vista financeiro. Alcançar R$ 402 milhões de receita bruta (crescimento de 16%) e um lucro líquido de R$ 54 milhões (crescimento de 391%) no exercício de 2018, requereu inúmeras ações, concomitantemente aos resultados e ao desempenho, com títulos, em campo”, disse.

Paralelamente a isso, a redução no endividamento bancário também marca o atual momento do clube: de R$ 80 milhões em 2017 para R$ 26 milhões em 2018, no curto e no longo prazo. “Uma de nossas estratégias busca eliminar o endividamento bancário. A única dívida que pretendemos contrair por meio de financiamento são R$ 53 milhões para a compra da Arena, o que é investimento em patrimônio.”

Para o presidente, a sinceridade e honestidade são fundamentais para o sucesso de qualquer negócio. “Quando falamos e de fato as coisas acontecem, conquistamos a confiança e o crédito”, acrescentou.

Evento ocorreu na Associação Pró-Desenvolvimento de Languiru

Valor da marca

“Hoje, o Grêmio conta com 2,1 mil produtos licenciados. As vendas nas lojas físicas e online contabilizaram faturamento de R$ 21 milhões no último ano. A arrecadação com o quadro social alcançou R$ 74 milhões, e isso nos sinaliza a importância do trabalho de fidelização dos sócios, buscando o engajamento”, concluiu.

A palestra contou com o patrocínio de Companhia Sapatos, Nova Compular, Protepac, Telsoni Materiais Elétricos, Sicredi, Lojas Certel, Cooperativa Languiru, Associação Pró-Desenvolvimento de Languiru (APDL) e Momento Fitness.

TEXTO – Leandro Augusto Hamester