Na manhã do dia 23 de abril o presidente da CIC, Airton Roque Kist, esteve em reunião com o prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup, oportunidade em que entregou ofício emitido pela entidade, no qual reforça a preocupação quanto aos prejuízos causados pela estiagem que assola a produção primária no município e na região.

O documento reitera a apreensão econômica e social diante da seca, acrescida das restrições impostas pela pandemia do Covid-19 (Coronavírus). A entidade fala especialmente das dificuldades enfrentadas pelo setor do comércio, que representa mais de 50% do quadro social da CIC. Faz referência à redução do poder de compra e do consumo da comunidade, aliado ao aumento de preços nas gôndolas dos supermercados.

Kist (e) entregou ofício ao prefeito: “o auxílio de hoje pode fazer a diferença para a comunidade teutoniense daqui para frente” (Foto: Divulgação CIC Teutônia)

“Teutônia, município com vocação para o campo e grandes volumes produtivos, também sofre com a estiagem que castiga as famílias de produtores rurais e leva prefeituras de diferentes regiões do Estado a decretarem situação de emergência. Essa falta de chuva ainda repercute negativamente nos negócios do comércio. Recursos financeiros das famílias deixam de circular no comércio da cidade, cuja estimativa de redução deve chegar a 40%”, destaca o ofício.

A entidade ainda reforça sua apreensão com a oferta de empregos. “Esse ciclo atinge diretamente a economia teutoniense, ocasionando a retração de mercado. São prejuízos já consolidados e que dificilmente poderão ser recuperados, especialmente na produção primária. A CIC Teutônia pede especial atenção do Poder Executivo Municipal no desenvolvimento de ações que possam dar um ‘novo fôlego’ e a esperança por dias melhores aos empresários do campo e da cidade”, assina o presidente da CIC. “O auxílio de hoje pode fazer a diferença para a comunidade teutoniense daqui para frente”, encerra o documento.

TEXTO – Leandro Augusto Hamester